Análise comparativa dos conceitos obtidos pelos cursos correspondentes em instituições públicas e privadas brasileiras com base no exame nacional de desempenho dos estudantes (ENADE)

  • Elcia Joana Gonçalves De Oliveira
  • Elenize Gonçalves
  • Liliane Gomes Da Silva
  • Lucinete Sabino
  • Rosiane Menezes
  • Valéria Vasco
Palabras clave: ENADE, Ensino Superior, Instituições de Ensino Superior, Brasil

Resumen

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é uma ferramenta de avaliação das Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras e baseia-se na aplicação de prova sistematizada e na análise de fatores estruturais inerentes ao ensino superior; é atribuído um conceito de 1 (um) a 5 (cinco) a cada curso. Objetivou-se comparar as médias das notas obtidas em cursos de ensino superior obtidas pelas IES públicas em relação às IES privadas no ano de 2017. Consistiu em um estudo de cunho quantitativo, retrospectivo de análise transversal através dos relatórios de desempenho no ENADE publicados pelo Ministério da Educação; após essa etapa, foi feita comparação dos conceitos de cursos ofertados pelas IES públicas e privadas, em cursos concordantes. Foram analisadas ao todo 60 IES, das quais 14 foram Instituições Públicas e 46 Instituições privadas. Obteve-se a análise de 61 cursos. Apenas seis cursos obtiveram média de nota superior em IES privadas, em comparação com IES públicas; todos os demais cursos contaram com média de nota igual ou superior em IES públicas. Conclui-se que de forma geral os cursos ofertados pelas IES públicas superam em qualidade os cursos ofertados pelas IES privadas.

Citas

Barros, A. (2015). Expansão da Educação Superior no Brasil: Limites e possibilidades. Educ. Soc., (36), 361-390.

Brasil. (2010). Portaria Normativa no 40. Brasília.

Brasil. (2013). ENADE - Apresentação. Brasília.

Cardoso, F., & Müller, G. (2008). Amazônia: expansão do capitalismo. [Erscheinungsort nicht ermittelbar]: SciELO Books - Centro Edelstein.

Cesso da Silva, M., & Ferraz, R. (2018). Aplicação do ENADE como ferramenta para avaliação do desempenho discente em um curso de Pedagogia. Revista Eletrônica De Educação, 12(1), 74-89. doi: 10.14244/198271991968

Dias Sobrinho, J. (2010). Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao Sinaes. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior (Campinas), 15(1), 195-224. doi: 10.1590/s1414-40772010000100011

Durham, E. (2004). Educação superior, pública e privada. Desafios, 191-233.

Feldmann, T., & Souza, O. (2016). A governamental ida de e o Exame Nacional de Desempenho De Estudantes - ENADE. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior (Campinas), 21(3), 1017-1032. doi:10.1590/s1414-40772016000300017

Gontijo, S. (2014). Implicações Do Enade Para A Organização Do Trabalho Pedagógico E As Práticas Avaliativas Em Um Curso De Pedagogia (Doutor). Universidade de Brasília (UnB).

Guzzo, R., & Filho, A. (2005). Desigualdade social e sistema educacional brasileiro: a urgência da educação emancipadora. Escritos Educ., 4(2).

INEP. (2016). ENADE 2014 - Resultado de Curso - Licenciatura em Pedagogia. Brasília.

Jesus, R. (2017). Desempenho no ENADE: Comparação das Instituições Públicas e Privadas do Curso de Ciências Contábeis no Brasil. (Graduado). Universidade Rio Verde. Mancebo, D., Vale, A., e Martins, T. (2015). Políticas De Expansão Da Educação Superior No Brasil 1995-2010. Revista Brasileira De Educação, 20(60), 31-50. doi:10.1590/s1413-24782015206003

Rocha, R., Filho, N., Oliveira, A., e Komatsu, B. (2017). A Relação Entre O Ensino Superior Público E Privado E A Renda E Emprego Nos Municípios Brasileiros. Pesquisa E Planejamento Econômico, 47(3), 39-69.

Serafim, M. (2011). O processo de mercantilização das instituições de educação superior: um panorama do debate nos EUA, na Europa e na América Latina. Avaliação: Revista Da Avaliação Da Educação Superior

(Campinas), 16(2), 241-265. doi: 10.1590/s1414-40772011000200002

Silva, R., & Bacha, C. (2014). Acessibilidade e aglomerações na Região Norte do Brasil sob o enfoque da Nova Geografia Econômica. Nova Economia, 24(1), 169-190. doi: 10.1590/0103-6351/1507

Tavares, M., Meneguel, S., Peixoto, A., Prado, A., Griboski, C., e Robl, F. et al. (2014). A relação expansão-avaliação da educação superior no período pós-LDB/1996. Revista Eletrônica De Educação, 8(1), 92-105. doi: 10.14244/198271991014

Torres, A., Macedo, P., Nicolini, A., Andrade, R., e Câmara, E. (2019). Universidades privadas e o Enade: qual categoria administrativa tem melhor desempenho no curso de Administração.

Waitz, I., & Arantes, M. (2009). Avaliação do ensino superior e a prática docente. Anuário Da Produção Acadêmica Docente, 3(6), 249-262.

Publicado
2020-03-24
Cómo citar
Gonçalves De Oliveira, E. J., Gonçalves De Oliveira Gauquelin, E. M., Gomez Da Lima, L., Sabino De Lima, L., Menezes Da Silva, R., & Vasco Teixeira, V. G. (2020). Análise comparativa dos conceitos obtidos pelos cursos correspondentes em instituições públicas e privadas brasileiras com base no exame nacional de desempenho dos estudantes (ENADE). Arandu-UTIC. Revista Científica Internacional De La Universidad Tecnológica Intercontinental, 7(1), 145-161. Recuperado a partir de http://www.utic.edu.py/revista.ojs/index.php/revista/article/view/101
Sección
Artículos