As dificuldades significativas nas práticas didáticas dos docentes enfermeiros do seu processo de trabalho em instituições mistas de ensino superior de enfermagem na região integrada de desenvolvimento da grande teresina no ano de 2021

Autores/as

  • Sara Susane Machado Pereira
  • Cristiane Klline de Lacerda Silva

Palabras clave:

Prática didática, Docente Enfermeiro, Dificuldades

Resumen

A formação de enfermeiros, tanto técnica quanto superior, historicamente, em pouco tem favorecido os conhecimentos para a sua atuação no campo da docência, embora, o número de enfermeiros graduados atuando na função docente seja considerável no Ensino Superior, de forma que não é raro que estes profissionais enfrentem dificuldades significativas, sobretudo em suas práticas didáticas, relacionadas a aspectos do cotidiano do trabalho docente nos diferentes contextos, tais como: ao ensino, à
pesquisa e à extensão. Assim, o artigo objetivou, em nível macro, descrever as dificuldades práticas didáticas no processo do
trabalho do docente enfermeiro, e, especificamente, identificá-las na realização de atividade de pesquisa com os alunos; produção de atividades assistenciais nos campos práticos (aulas práticas) e na administração das tensões. O artigo resulta de uma investigação quantitativa, aplicada, transversal e de campo, que teve como objetivo apresentar as dificuldades práticas didáticas dos docentes enfermeiros no seu processo de trabalho em instituições mistas de ensino superior de enfermagem na Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina no ano de 2021.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Alves, E. (2014). Percepção de estudantes de enfermagem sobre o processo de aprendizagem em ambiente hospitalar. Em Revista Gaúcha Enfermagem. 5, (2), 15-18.

Almeida, M. R de & Scheidt, D. (2006). O professor- pesquisador: um sonho que pode se tornar realidade. Em Revista multidisciplinar de Sáude, 4, (1), 83-95.

Arroyo, W. (2000). Formação de professores e as teorias do saber docente: contextos, dúvidas e desafio. Em Revista Educação Pesquiátrica, 2, (2),15-20.

André, M. (2016). Em Desafios na Formação do Pesquisador da Prática Pedagógica. Em Revista de educação, 2, (2), 20-29.

Benito, G. (2012). Em Desenvolvimento de competências gerais durante o estágio supervisionado. Em Revista Brasileira de Enfermagemm, 5, ( 2), 20-31.

Demo, P. (2021). Pesquisa em sala de aula. https://www.univates.br/noticia/18777-a-pesquisa-em-sala-de-aulapelos-olhos-de-pedro-demo.

Univastes, Duarte, G. (2016). Satisfação e sofrimento no trabalho do enfermeiro docente: uma revisão integrativa. Em Revista Mineira Enfermagem, 5, (4), 8-22.

Farias, D., & Rodrigues, A. (2018). Ensino superior em enfermagem: processos e tendências de trabalho docente. Em Revista de enfermagem, 3, (6), 33-69.

Ferreira, E. (2009). Prazer e sofrimento no processo de trabalho do enfermeiro docente. Em Revista Escola de Enfermagem- USP, 2, (2), 10-15.

Franco, M. (2012). Didática e Pedagogia: da teoria de ensino à teoria da formação. Em Revista Mineira Enfermagem, 5, (3), 8-28.

Gengnagel, L. (2012). Professor pesquisador: perspectivas e desafios. Em Revista Educação por Escrito, 4, (5), 54-55.

Gil, A. (1991). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Goergen, L. (2000). Professor pesquisador: perspectivas e desafios. Em Revista Educação por Escrito, 2, (3), 54-68.

Grangeiro, F. (2017). A didática do professor formador: concepções e práticas pedagógicasa para o Ensino Superior. [Tese Doutorado]. Ciência da Educação. Universidade Estadual do Ceará.

Kletemberg, F., & Siqueira, M. (2018). A criação do ensino de enfermagem no Brasil. Em Revista Educação e ideologia da enfermagem, 6, (8), 63-78.

Descargas

Publicado

2022-12-20

Cómo citar

Machado Pereira, S. S., & Klline de Lacerda Silva, C. (2022). As dificuldades significativas nas práticas didáticas dos docentes enfermeiros do seu processo de trabalho em instituições mistas de ensino superior de enfermagem na região integrada de desenvolvimento da grande teresina no ano de 2021. Tembikuaaty Rekávo (TAR): Ciencia, Tecnología Y Educación UTIC, 1(1). Recuperado a partir de http://www.utic.edu.py/revista.tembikuaatyrekavo/index.php/revistas/article/view/7

Número

Sección

Artículos de investigación