Epistemologia: a relevância do realismo e do empirismo

Autores/as

  • Eline Valeria Oliveira Gomes Universidad Tecnológica Intercontinental
  • Ana Paula Nascimento De Sousa Teixeira Universidad Tecnológica Intercontinental

Palabras clave:

epistemologia, filosofia, realismo, empirismo, conhecimento

Resumen

A grande saber, a Epistemologia é a “teoria do conhecimento”. Portanto, contribui diretamente com a edificação do conhecimento. É extremamente importante entender o que é Epistemologia, antes mesmo de buscar qualquer tipo de conhecimento. Saber ainda, sobre a relevância da Filosofia, como área do saber também é importante, pois ela nos direciona para vários campos do conhecimento e sua edificação. Como uma vertente da Epistemologia, as correntes filosóficas servem de base para a construção dos conhecimentos, que vem se aprimorando e evoluindo ao longo da História. Dentre elas pode-se destacar o Realismo e o Empirismo. O Objetivo desse artigo é entender a relevância das citadas correntes para a construção do conhecimento. Para a elaboração deste, utilizou-se como marco metodológico a pesquisa bibliográfica qualitativa de maneira descritiva. No que se refere à coleta de informações foi implementada a partir de analises de conceitos e ideias de emblemáticos teóricos como Tesser (1995), Chauí (2000), Almeida (2018), Gomez (2012), Briones (2002), Chibeni (1997), que sistematizam a Epistemologia e as correntes filosófica como bases da construção do conhecimento e que destaca, portanto, suas respectivas influências.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Almeida, Valquíria. (2018). As Relações Entre A Filosofia, A Prática Educativa E A Utilidade Do Conhecimento Filosófico. UESB. Vitória Da Conquista.

Barnabé, Israel. Hobbes E A Teoria Clássica Das Relações Internacionais. PROMETEUS. 2014.

Briones, Guilhermo. (2002). Epstemologia De Las Ciências Sociales. Programa De Especialización Em Teoria, Métodos Y Tecnicas De investigacion social.

Bunge, Mário. (1957). La Ciencia. Su Metodo I Su Filosofia.

Bunge, Mário. (1980). Epstemologia. Queiroz Editor. São Paulo.

Burtt, E.A. (1991). As Bases Metafísicas Da Ciência Moderna. Ed. Universidade De Brasília. Brasília.

Chauí, Marilena. (2000). Convite À Filosofia. Ed. Ática. São Paulo.

Chibeni, Silvio. (1997). Realismo Científico Empirista. Ed. UFSC. Santa Catarina.

Gomez, Jose. (2012). Epstemología Y Educácion. Red Tercer Milenio S.C.

Japiassu, Hilton. (1988). Introdução Ao Pensamento Epistemológico. Ed. Francisco Alves. Rio De Janeiro.

Meneghetti, Renata. O Realismo E O Idealismo: Focalizando Conhecimento Matemático. Filosofía E Historia Da Ciencia No Cone Sul Campinas:AFHIC, 2004.

Serva, Maurício; dias, Taisa; alperstedt, Graziela. (2010). Paradigma Da Complexidade E Teoria Das Organizações: Uma Reflexão Epistemológica. Ed. ERA. São Paulo.

Silva, Paulo. Copernicanismo, Autonomía Científica E Autoridade Religiosa Em Marin Mersenne. SCIENTLE Studia, 2004.

Souza, Rodrigo. (2010). A Filosofia De John Dewey E A Epistemologia Pragmatista. Revista Descrições. Maringá-PR.

Spohr, Carla. (2008). O Tema Da Supercondutividade No Nível Médio: Desenvolvimento De Material Hipermídia Fundamentado Em Epistemologias Contemporâneas. UFRS- Porto Alegre.

Piaget, Jean. (1992). A Epstemologia Genética. Ed. Vozes. Petrópolis-RJ.

Rabuske, Edvino. (1987). Epstemologia Das Ciências Humanas. Ed. EDUCS. Duque De Caxias.

Tesser, Gelson. (1995). Principais Linhas Epistemológicas Contemporâneas, Ed Da Universidade Federal Do Paraná (UFPR) –Educar

Descargas

Publicado

2023-10-23

Cómo citar

Oliveira Gomes, E. V., & Nascimento De Sousa Teixeira, A. P. (2023). Epistemologia: a relevância do realismo e do empirismo. Arandu UTIC, 10(1), 283–307. Recuperado a partir de http://www.utic.edu.py/revista.ojs/index.php/revistas/article/view/166

Número

Sección

Artículos de Revisión